SEM LACTOSE

Os produtos da linha com chocolate não contém lactose. Mas, qual é a importância dessa informação?

A lactose é um carboidrato presente no leite e seus derivados e que abastece nossas células com energia. Para que esse processo ocorra de forma apropriada é necessário que a lactase seja quebrada em duas partes menores: a galactose e a glicose. A enzima lactase é a responsável por esse processo e, com isso, facilita a absorção pelo nosso organismo.


Quando há fabricação normal da enzima lactase, a lactose é quebrada em açúcares menores no intestino delgado, que são absorvidos e desaparecerem do intestino. Com isso, o processo digestivo acontece naturalmente e a pessoa não sente nada.



No entanto, o organismo das pessoas que são intolerantes à lactose não produz, ou produz quantidade insuficiente, a enzima lactase. Como resultado, o processo digestivo pode apresentar uma série de desconfortos após a digestão de leite, uma vez que a lactose chega praticamente intacta no intestino grosso e lá é fermentada pelas bactérias.


Os desconfortos mais comuns gerados pela fermentação são: inchaço; dor, desconforto ou incômodo na barriga; inchaço ou sensação de inchaço na barriga; gases; diarréia ou mesmo prisão de ventre em algumas pessoas; náuseas e vômitos. Embora possa causar grande desconforto, não inclui riscos fatais.


A alergia ao leite não deve ser confundida com intolerância à lactose. A alergia alimentar é uma reação excessiva do sistema imunitário a uma proteína alimentar específica. Quando essa proteína é ingerida, pode desencadear uma reação alérgica com uma variedade de sintomas leves (erupções cutâneas, urticária, coceira, inchaço, etc.) aos mais graves (dificuldade de respirar, chiado no peito, perda de consciência, etc). A alergia pode ser fatal.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo